Fábrica de Calçados Fábrica de Calçados Fábrica de Calçados Fábrica de Calçados Fábrica de Calçados Fábrica de Calçados Fábrica de Calçados

Assine nossa Newsletter

E-mail
Adicionar Remover
Home Empresa Cadastre-se Informativo Guia de Compras Central de Negócios Fale Conosco
INFORMATIVO

Notícias
Vendas na Francal caem pela metade para calçadistas de Franca

Notícias
Portal lançado pelo governo federal facilita o comércio exterior de calçados

Feiras
Francal dá início à retomada dos negócios no segundo semestre

CURIOSIDADES


Limpeza e conservação dos calçados
 
Aumentar fonte Diminuir fonte


· Não se deve usar o mesmo par de sapatos, dia após dia, sem descanso. O ideal é possuir pelo menos dois pares de sapatos e alternar o seu uso, dando a cada um pelo menos 24 horas de descanso.
· É fundamental que, antes de aplicar qualquer produto para engraxar ou dar brilho nos sapatos de couro, proceda-se a uma limpeza cuidadosa para evitar que partículas de pó ou terra permaneçam sobre o couro e venham a arranhá-lo. Se o sapato estiver apenas empoeirado ou pouco sujo, basta recorrer a um pano seco ou à uma escova de cerdas bem macias para efetuar a limpeza. Se estiver muito sujo e embarrado, tente retirar a sujeira quando ainda estiver úmida (com uma espátula ou faca cega). Depois, esfregar com uma esponja macia e apenas úmida. Caso a água corrida seja inevitável, esta deve ser feita apenas com água e sabão neutro, sem esfregar em excesso e apenas quando for realmente necessária.
· Jamais secar um calçado, seja ele de couro ou não, junto à fontes de calor intenso, como secadoras de roupa, aquecedores, estufas, fogões, nem tampouco ao sol. Altas temperaturas e tentativas de acelerar a secagem afetarão negativamente o couro, provocando o endurecimento e quebra da flor (parte externa do couro) devido à perda de flexibilidade. Já os laminados sintéticos tenderão a encolher. Solados de materiais sintéticos poderão amolecer e se deformar. O correto é que os sapatos sejam secos à temperatura ambiente e à sombra. Aconselha-se a colocação de buchas de papel jornal dentro dele durante pelo menos uma hora.
· Solado de Borracha Termoplástica, não deve receber qualquer tipo de solvente (inclusive álcool) para efetuar a sua limpeza, pois  poderá ocasionar fissuras em toda a sua extensão, comprometendo sua durabilidade.
· Pelica: a limpeza deve ser feita a seco ou no máximo com um pano úmido pois este couro tende à deformar-se quando encharcado. É medianamente sensível a toques e esbarrões em superfícies abrasivas e cortantes, o que pode ocasionar ferimentos na flor do couro e comprometimento da película de acabamento.
 Bezerro / Bra bezerro: limpe com um pano umedecido em água. Para se obter um brilho mais intenso e também auxiliar na flexibilidade e conservação das fibras, aconselha-se o uso de cremes para calçado incolor ou no tom do material.
 Látego: use um pano umedecido com água.
 Nobuck: a limpeza deve ser feita basicamente à seco com uma escova de cerdas duras. Em casos de manchas mais fortes, é possível removê-las com o auxílio de um pano embebido em um pouco de álcool, friccionado levemente sobre a mesma. Obs: Se friccionar forte demais poderá ocorrer desbotamento do material. Para reavivar a cor original, sugere-se o uso de um "spray renovador", aplicado sobre toda a parte externa do calçado. Jamais aplicar pastas ou cremes para brilho.
· Para conservação e brilho dos couros, aconselha-se o uso de creme específico para calçado, aplicado em movimentos circulares e lustrado com pano flanelado.


Dicas alternativas


· Para eliminar o mau cheiro dos calçados, use regularmente desodorante para calçados ou pó anti-séptico nos pés.
· Para tirar qualquer tipo de manchas em calçados ou bolsas de camurça, esfregue o local da mancha com miolo de pão.
· Para tirar manchas de gordura: passe uma solução de quatro colheres de álcool retificado e uma colher de sal de cozinha. O que sobrar guarde em vidro bem tampado para usar quando necessário.
· Solado: aplique óleo de linhaça antes de usar seus sapatos pela primeira vez. O solado fica mais resistente.
· Botas: guarde-as com o cano cheio de jornal amassado.
· Saches: os de cânfora ajudam a conservar as cores de seus sapatos e bolsas.
· Couro duro: faça uma mistura de uma colher de bicarbonato de sódio, 100 gramas de água e uma colher de sal de cozinha. Aplique no avesso para amaciar o couro.
· Cobra: a estampa de cobra ou crocodilo fica nova ao passar uma mistura em partes iguais de glicerina e óleo de rícino.
· Lustra móvel: uma fina camada do produto deixa seus sapatos de pelica sempre novos.
· Vaselina: remove mancha de mofo do couro. Aplique e deixe de um dia para o outro.
· Gordura: ponha talco no local. No dia seguinte, escove com uma escova bem firme.
· Solado de cordas: limpe-o com terebintina.
· Casca de laranja: limpa o couro, recuperando o brilho.
· Couro colorido: limpe-o com clara de ovo batida em neve.
· Brilho: uma camada de benzina entre as engraxadas dá mais brilho no lustro.
· Sapatos e bolsas claras: passe casca de batata ou leite para retirar as manchas.
· Sapatos de tecidos: limpe-os com álcool, benzina ou querosene.
· Se o sapato ficou rígido e áspero com a chuva, esfregue um pano umedecido em óleo de parafina. Se o couro ficou duro, passe uma fina camada de vaselina.
· Se ficarem manchados pela água, espere que seque e esfregue vigorosamente um pano de lã. Depois aplicar graxa incolor e lustrar.
· Camurças não devem ser esfregadas enquanto molhadas. Deixe secar e só então escove ou esfregue lixa fininha.